ENTRAR

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Parque dos Monges Alcobaça - Actividades, Preços, Instalações e Informações

O PARQUE DOS MONGES é um espaço lúdico e educativo em Alcobaça que junta num só "campus" o Fluviário Mãe d'Água, a Granja do Convento (quinta pedagógica), Oficinas Monásticas (artesãos), o Parque de Animação (muitas actividades de animação incluindo canoagem, orientação, slides, rapel, escalada, tiro com arco e jogos tradicionais), o Jardim Bíblico, o Museu dos Doces Conventuais, o Restaurante Refeitório dos Monges. 

Ainda pode encontrar outras valências que permitem aos visitantes participarem e viverem inesquecíveis experiências de actividades de aventura, simultaneamente divertidas e educativas, inspiradas na vida dos monges do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça e sempre associadas à História de Portugal.

O PARQUE DOS MONGES é um projecto de impacto nacional apoiado pelo QREN, iniciou a sua actividade no ano 2010, dispõe para o efeito de espaço e instalações próprias devidamente licenciadas, com a área de 100.000m2 incluindo um lago com 30.000m2, sempre no maior respeito pela Natureza e pelas regras de segurança, aliando à componente de animação também uma atitude fortemente pedagógica ao nível da educação e sensibilização ambiental.

A missão do PARQUE DOS MONGES desenvolve-se numa lógica simultaneamente divertida e educativa através de múltiplas acções e actividades para sensibilizar os visitantes no âmbito da conservação e valorização da biodiversidade, dos recursos e do património natural, paisagístico e cultural, utilizando de modo sustentável os recursos energéticos e geológicos, prevenindo e minimizando os riscos, bem como no desenvolvimento de instrumentos pedagógicos destinados a serem disponibilizados à comunidade educativa, possibilitando a conservação e o aumento da biodiversidade.

Parque dos Monges

O Parque dos Monges visa criar experiências únicas aos visitantes, proporcionando-lhes uma “Viagem no Tempo". Recriar a vida e hábitos dos monges da Ordem de Cister dos Coutos de Alcobaça, pertencente ao Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade e eleito uma das Sete Maravilhas de Portugal. Foi aqui que se realizaram as primeiras aulas públicas em Portugal, no ano de 1269.

Neste contexto, a Quinta das Freiras por ter pertencido ao Mosteiro desde o século XII e até à extinção em 1834 das ordens religiosas em Portugal, constitui uma das áreas mais visíveis da presença monástica na região de Alcobaça, pois nela os monges asseguravam, através de práticas agrícolas inovadoras para a época, todos os alimentos que estavam obrigados a prestar às freiras residentes no convento situado a escassos quilómetros dali, na localidade de Cós.

Na sequência da doação do território feita por D. Afonso Henriques à dita Ordem, foi na zona da Quinta das Freiras que se instalou a primeira comunidade de monges, onde permaneceram durante 74 anos, enquanto preparam a construção do Mosteiro onde ele se situa. Mais tarde, aquando da Batalha de Aljubarrota, serviu também de acampamento para as tropas portuguesas festejarem a vitória sobre os castelhanos.

 Como se verifica, é com base em todo este valor histórico e cultural que o Parque dos Monges assenta a sua temática, ao recriar através da animação turística um local de exposição e de participação dos turistas em actividades que irão dar a conhecer, de uma forma divertida, o modo de viver dos monges da Ordem de Cister.

Durante este período não houve em Portugal ordem mais poderosa, devido sobretudo à riqueza de Alcobaça que foi também o centro artístico e intelectual da Ordem.

Parque Ambiental

O Parque de Animação Ambiental ocupa uma área aproximada de 8 hectares, dos quais 3 constituem um lago, é o palco de diversas actividades, assegurando uma função claramente pedagógica, focando temas relacionados com medidas  sustentáveis da ocupação dos solos agrícolas dos Coutos de Alcobaça, numa perspectiva interactiva com os visitantes. 

Neste contexto, destacamos os seguintes grupos e espaços essenciais de aproveitamento:

ENSINO: a sua relevância histórica, botânica e biológica é devidamente aproveitada através da realização actividades integradas em visitas de estudo, bem como palco de diversas investigações;

VISITAS: funcionando como uma extensão das próprias edificações, possibilita a ocorrência de eventos artísticos, recreativos e educacionais, num ambiente e numa atmosfera de grande valor faunística e florística;

TERREIRO DA ERVA: espaço livre cerca de 5.000m2 destinado aos diversos eventos e actividades de animação turística. É o palco privilegiado dos eventos temáticos que o Parque inclui na sua programação cultural e que deverão ser motivo de visita repetida ao mesmo;  

LAGO DAS FREIRAS: ideal para a prática de actividades náuticas sem motor, com embarcações a remos e a pedal (kayaks e gaivotas);

O Parque de Animação Ambiental funciona segundo uma perspectiva educacional.

Granja do Convento

Ao longo da evolução do Homem, tem-se vindo a verificar a perda de espécies únicas, principalmente devido à destruição dos seus habitats, à desflorestação, à introdução de espécies invasoras, à poluição ou à caça, impedindo as relações naturais de coexistência entre elas.

Para além das espécies exóticas que a compõem, reveste-se da elevada importância a presença das espécies autóctones na colecção zoológica, dando assim a oportunidade aos visitantes de as conhecerem, funcionando como forma de sensibilização para a sua conservação.

Arca de Noé

A Arca de Noé era, segundo a religião abraâmica, um grande navio construído por Noé, a mando de Deus, para que ele se salvasse a si mesmo, à sua família e a um casal de cada espécie de animais do mundo, antes que viesse o Grande Dilúvio com que iria destruir o mundo por causa da perversidade humana.

Assim, a Arca de Noé chama a atenção dos visitantes para as consequências das alterações climáticas e a sua sensibilização para a adopção de comportamentos mais amigos do ambiente e que contribuam igualmente para o aumento da biodiversidade. Neste contexto, este espaço é utilizado para uma multiplicidade de actividades abrangendo a temática da sensibilização ambiental.

Fluviário

Trata-se de um eco-aquário construído ao ar livre no seio da Natureza, contíguo ao espaço ocupado com a Arca de Noé, o qual apela e sensibiliza o visitante para a importância da qualidade da água para as mais diversas formas de vida no planeta. Este espaço é utilizado para a exposição de peixes e anfíbios em contexto real e natural, podendo os mesmos serem alimentados pelos próprios visitantes sob vigilância de um técnico.

Observação Aves

No espaço de 10 hectares que constitui o Parque dos Monges está presente uma colónia de aves que poderá ser observada pelos visitantes.

Desportos e Divertimentos

O PARQUE  DOS MONGES é um espaço lúdico e educativo, composto por diversos equipamentos que permitem oferecer aos visitantes um vasto leque de actividades no âmbito do desporto de natureza e no de divertimento, dirigido aos mais variados tipos de público dos 3 aos 90 anos.

Os programas de actividades poderão ser compostos por canoagem, orientação, slides, rapel, escalada, jogos tradicionais, jogos didácticos, jogos de dinâmica de grupos, animações no jardim bíblico, visitas à quinta pedagógica, ciclo do pão, ciclo das pizzas e ciclo dos doces conventuais, tudo sempre numa vertente de edutainment: simultaneamente divertidas e educativas.

Refeitório dos Monges

O Refeitório dos Monges apresenta gastronomia regional de inspiração conventual, respeitando as suas tradições e iguarias, incorporando os melhores produtos da região ao nível de: pão, vinho, azeite, frutas, hortícolas, queijos, charcutaria e doçaria.

Mediante reserva, o Refeitório dos Monges serve grupos, banquetes, festas e ceias medievais. Festas e ceias medievais que recriarão o ambiente dos antigos banquetes nos conventos, dar-se-á a possibilidade aos comensais de utilizarem um traje (por exemplo, de monge e de monja), envolvendo-os activamente na reconstituição do evento.

Para o mercado empresarial organizamos diversos tipos de incentivos e eventos sociais.

Horários

Verão
Março a Outubro 09h30 às 19h00

Inverno
Novembro a Fevereiro 09h30 às 17h00

Mapa do Parque dos Monges


1 - Autocarros
2 - Estacionamento
3 - Recepção
4 - Museu dos Doces Conventuais
5 - Refeitório dos Monges e Azenha
6 - Jardim Bíblico
7 - Arca de Noé
8 - Granja do Convento
9 - Fluviário Mãe D'Água
10 - Terrário
11 - Paúl do Alcôa
12 - Lontrário Mãe D'Água
13 - Torre do Abade
14 - Viveiro de Aves Exóticas
15 - Parque Alpacas
16 - Sanitários
17 - Atalaia dos Frades
18 - Arena
19 - Parque dos Cangurus
20 - Terreiro das Milícias do Mosteiro
21 - Trilho da Atalaia
22 - Aviário dos Conversos
23 - Ponte do Abade Ornelas
24 - Capoeira dos Frades
25 - Fuga do Mosteiro
26 - Toca dos Esquilos
27 - Ilha dos Copistas e Bar
28 - Parede da Pederneira
29 - Ilha do Boticário
30 - O Resgate
31 - Parque de Merendas
32 - O Salto do Claustro
33 - Oficinas Monásticas
34 - Sanitários
35 - Quadra do Refeitório

Preços dos Bilhetes

Parque Animação Ambiental
Visita até 3 anos Grátis
Preço Único 3,00 €

Museu Doces Conventuais
até 3 anos Grátis
4 aos 12 3,00 €
Adulto 4,00 €
Sénior 3,00 €
Família (2Adultos+2Crianças até 12 anos) 12,00 €
Reserva (min15pax) Visita até 12 anos c/ surpresa 3,00 €

Informações

Morada:
Rua Quinta das Freiras, nº 10
Chiqueda, 2460-089 Alcobaça

Telefone: 262 581 306
Fax: 262 581 310
Telemóvel: 911 001 404

Informação: Coordenadas GPS 39.540794,-8.954799

0 comentários :

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version