ENTRAR

terça-feira, 15 de maio de 2012

Marchas Populares de Lisboa 2012 - Programa, Desfiles, Horários e Informações

Em 2012 as Marchas Populares de Lisboa comemoram os seus oitenta anos de existência, estas vão acontecer a 1, 2, 3 e 12 Junho. A marcha em ritmo de festa, erguendo ao alto o arco, sagrou-se tradição e é celebrada pelos mais representativos bairros da cidade. As Marchas Populares estão de parabéns. No mês de Junho reúne milhares de espectadores na Avenida da Liberdade, na noite dos festejos de Santo António.

No seu 80.º aniversário, as Marchas Populares comemoram também o Ano de Portugal no Brasil / Ano do Brasil em Portugal e integram no desfile de dia 12 de Junho o agrupamento brasileiro Rei de Paus, para além dos restantes convidados: Dança do Dragão (Macau), National Band (Emirados Árabes Unidos) e o Projecto Chuva d’Amor (Portugal). Lisboa está em festa.

As Marchas Populares de Lisboa, tal como actualmente as conhecemos, nasceram em 1932, do legado das celebrações dos Santos Populares. A evolução histórica deste costume descreve um diálogo entre o sagrado e o profano, onde às solenidades e cerimónias religiosas os lisboetas juntaram a música e a dança. Numa adaptação natural às novas tendências da coreografia, figurinos, cenografia e música, as Marchas Populares de Lisboa posicionam-se como um dos eventos mais representativos da cultura popular da cidade. 

A cada ano, este costume quase secular, cobre a cidade com um manto de brilhos e rendilhados sonoros, numa celebração da cultura popular de Lisboa. 

Programação

30 Maio | 19h
Documentário – Viagem aos bastidores das Marchas Populares de Lisboa
Comemorações dos 80 Anos das Marchas Populares de Lisboa (1932-2012)
Cinema São Jorge, Sala 1
Acesso livre mediante lotação da sala; m/3; Parceria: RTP; Duração 120’

Este documentário é o resultado de um acompanhamento durante mais de três meses dentro dos bastidores das Marchas Populares de Lisboa. Um olhar fi lmado que viajou por quatro bairros de Lisboa – Madragoa, Alfama, Castelo e Marvila – no qual se partilham as emoções de quem constrói as Marchas Populares de Lisboa, do primeiro ensaio até ao dia do Desfile na Avenida da Liberdade. Desta vivência nasceu este documentário que se divide em duas partes: a primeira, mais intimista, acompanha o secreto processo de preparação das quatro marchas escolhidas; a segunda, sai à rua e segue as Marchas nos ensaios e exibições no Pavilhão Atlântico e Avenida da Liberdade. Os protagonistas que nos guiam, seleccionados no seio de cada marcha, testemunham histórias de vida do seu dia-a-dia.

1, 2 e 3 Junho | 21h30 Marchas Populares
Apresentação no Pavilhão Atlântico
Entrada: €6; m/3

1 Junho
Marcha Infantil
“A Voz do Operário”
Marcha de S. Vicente
Marcha de Belém
Marcha de Alcântara
Marcha do Beato
Marcha de Alfama
Marcha da Bica

2 Junho
Marcha dos Mercados
Marcha de Santa Engrácia
Marcha de Carnide
Marcha da Graça
Marcha dos Olivais
Marcha da Mouraria
Marcha de Marvila
Marcha da Madragoa

3 Junho
Marcha da Baixa
Marcha da Penha de França
Marcha da Ajuda
Marcha de Campolide
Marcha do Bairro Alto
Marcha do Castelo
Marcha do Alto do Pina

12 Junho Casamentos de Santo António
Sé, Paços do Concelho, Museu da Cidade
Entrada restrita a convidados

Os Casamentos de Santo António são uma iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa, através da qual dezasseis casais de Lisboa se casam em simultâneo. O evento é transmitido em directo pela RTP, para que todos possam participar desta celebração colectiva. No dia 12 de Junho, cinco casais de lisboetas irão casar-se civilmente, na presença da sua família e convidados. Mais tarde onze casais repetirão o acto, desta vez religioso, na Sé de Lisboa.

Neste dia também, os casais que comemoram 50 anos de união por Santo António, casados em 1960 pelas então “Noivas de Santo António” – também farão parte da festa, celebrando com Lisboa cinco décadas de um amor testemunhado pela cidade, e renovando os seus votos. Desde 1997 que a Câmara Municipal de Lisboa, após negociações com o Patriarcado de Lisboa, decidiu retomar os Casamentos de Santo António, adaptando-os e modernizando as antigas “Noivas de Santo António”, antes organizadas pelo Diário Popular. 

Nesta nova fase os casamentos passaram a permitir casamentos não religiosos e o número de casais reduziu-se, num esforço para que os Casamentos de Santo António refl ectissem os valores da modernidade e cosmopolitismo que pautam a actividade do município. O resultado foi um evento que consegue manter a tradição popular e ao mesmo tempo ser um palco de solidariedade e de aposta no crescimento da cidade. E a faceta mais popular dos Casamentos de Santo António manteve-se: a de proporcionar o casamento, um dia de sonho, a jovens casais economicamente menos favorecidos de Lisboa. Os Casamentos de Santo António são um exemplo de serviço público, de promoção e dinamização cultural e turística de uma entidade pública que investe em manter um tradição.

12 Junho | 21h 
Marchas Populares
Desfile na Avenida da Liberdade
Acesso livre; Todas as idades

Participantes
Marcha Infantil
“A Voz do Operário”
Marcha dos Mercados
Marcha da Ajuda
Marcha da Penha de França
Marcha dos Olivais
Marcha da Bica
Marcha de Marvila
Marcha de Belém
Marcha de Campolide
Marcha de Alfama

Convidados
Agrupamento Rei de Paus
Brasil
Dança do Dragão
Macau
National Band
Emirados Árabes Unidos
Projecto Chuva d’Amor
Portugal
Marcha de S. Vicente
Marcha do Beato
Marcha da Madragoa
Marcha de Carnide
Marcha de Alcântara
Marcha do Alto do Pina
Marcha da Mouraria
Marcha da Graça
Marcha da Baixa
Marcha de Santa Engrácia
Marcha do Bairro Alto
Marcha do Castelo

As Marchas Populares fazem parte do programa Festas de Lisboa 2012

1 comentários :

Anónimo disse...

Muito util e completo quanto baste.

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version