ENTRAR

terça-feira, 9 de abril de 2013

Feira das Trocas ou Feira Franca de Maio Famalicão 2013

Nos próximos dias 3, 4 e 5 de maio 2013, voltará a realizar-se uma das maiores tradições históricas do concelho, ordenada por D. Sancho I em 1205 e agora recuperada. 

Depois do êxito verificado com a reedição, em 2012, da Feira Franca de Maio, também conhecida como Feira das Trocas ou Feira do Burro, o município de Vila Nova de Famalicão persiste a sua aposta na valorização das suas tradições mais profundas, valorizando e dinamizando as raízes culturais de todos os famalicenses. 

El Rei disse: “Faça-se Feira!” e Famalicão cumpre a ordem, fazendo a Feira na forma mais original possível. Assim, o evento vai decorrer na cidade, nomeadamente, na Praceta Cupertino de Miranda e na Alameda D. Maria II, locais onde originalmente se realizava, no então denominado Campo Mouzinho de Albuquerque.

Durante três dias, para além da oportunidade de poder comprar produtos hortícolas, fruta, flores, enchidos, mel, queijos, compotas e muitos outros produtos tradicionais – a maior parte deles adquiridos diretamente ao produtor –, o visitante vai poder apreciar e também poder adquirir gado bovino, caprino, suíno, cavalos, aves de capoeira, coelhos, etc.

A animação será constante ao longo do dia. Ver-se-á atravessar a feira pessoas trajadas à época, disputando uma desgarrada, dançando, trocando produtos, fazendo juras… A estas junta-se o tocador de concertina, o cantador ao desafio e outros festeiros. Ao contrário do que acontece na maioria das feiras rurais organizadas de norte a sul do país, a Feira das Trocas de Famalicão aposta numa animação tradicional “apeada”, sem necessidade de palcos e de instalações sonoras. Os tocadores e dançarinos dos grupos etnográficos do concelho vão misturar-se com o povo que vem feirar e a eles podem juntar-se todos os que quiserem trazer de casa a sua concertina, uma gaita-de-beiços ou um simples tambor ou reco-reco. 

Por isso, o desafio estende-se a todos quantos queiram comparecer não apenas oriundos do concelho mas de todo o Minho e de outras paragens, acompanhados pelos seus instrumentos musicais ou mesmo envergando uma peça de vestuário “à antiga”.

Durante a feira estarão disponíveis várias tabernas onde será possível deliciar os petiscos tradicionais mais apetitosos do Minho, devidamente acompanhados pelo inigualável vinho verde, servido à malga.

Já fora de horas, pela noite dentro, numa ponte entre tradição e modernidade, a animação continua com as sugestões musicais de exímios DJ, numa festa de rua no topo sul da feira.

0 comentários :

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version