ENTRAR

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Festas da Rainha Santa Isabel Coimbra 2013 - Programa

No dia 27 de Junho 2013, pelas 18,30 horas, na igreja da Rainha Santa Isabel, realizar-se-á a assinatura de um protocolo de colaboração entre a Confraria e o Centro de Estudos Jacobeus do Porto. O objectivo é promover as peregrinações a Santiago de Compostela, tendo a Rainha Santa sido exemplo e impulsionadora destas peregrinações. 

O Convento da Rainha Santa era possuidor de uma hospedaria, por cima das garagens, que outrora eram as cavalariças. 

Segundo António Rebelo é a partir deste Convento que os peregrinos podem “oficializar” as suas peregrinações, onde recebem alguns documentos, e mesmo prepará-las com a ajuda de alguns irmãos. O documento distribuído é um passaporte/credencial onde os peregrinos poderão carimbá-lo ao longo do trajecto até Santiago de Compostela.

Outra das novidades apresentadas é um estudo efectuado por um grupo de investigadores da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, com base científica, sobre o percurso feito pela Rainha Santa Isabel, dentro do concelho de Coimbra, nas suas peregrinações até Santiago de Compostela. A investigação, solicitada pela Confraria da Rainha Santa Isabel (CRSI), servirá para criar, em breve, a Rota da Rainha Santa, e virá a ser percorrida pelos actuais peregrinos dos Caminhos de Santiago.

Também, no dia 27 de Junho, pelas 21,20 horas, realizar-se-á, na Sala Francisco Sá de Miranda da Casa Municipal da Cultura de Coimbra uma conferência sobre o tema “Os caminhos de Santiago no Ano da Fé”, pelo cónego D. Segundo Pérez López, Deão do Cabido da Catedral de Santiago de Compostela.

No dia 28 de Junho, às 21,30 horas, no auditório do Instituto Justiça e Paz, será exibido o filme “O último Cume”.

No dia 29 de Junho, às 15 horas, realizar-se-á nos claustros do Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, sob a responsabilidade das Irmãs da Confraria da Rainha Santa, a habitual distribuição de bens alimentares a cerca de 300 famílias carenciadas de Coimbra.

No dia 1 de Julho, às 14,30 horas, no Arquivo da Universidade de Coimbra será inaugurada oficialmente o arquivo digital da Confraria da Rainha Santa. Segundo António Rebelo este trabalho foi patrocinado pela Fundação Calouste Gulbenkian e pretende colocar toda a informação, desde de livros de actas, registos de irmãos, relatórios de contas à disposição do público. Ao todo são milhares de páginas que foram digitalizadas.

No dia 2 de Julho, a partir das 14,30 horas decorrerá, no Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, na Sala do Capítulo, um colóquio “Folhas de Clausura” que pretende abordar a vida quotidiana das clarissas que foi possível reconstituir com alguns achados, nomeadamente poemas encontrados nalguns livros, pedaços de unhas, cabelos, etc. Às 18 horas será inaugurado a exposição “Folhas de Clausura” – que pretende mostrar a intervenção de conservação e restauro no acervo bibliográfico do mosteiro de Santa Clara-a-Nova efectuado pelo CEARTE e poderá ser visitada até ao dia 28 de Julho, nas galerias superioras do mosteiro.

Confraria RSIO Tríduo Solene na igreja da Rainha Santa Isabel, realizar-se-á nos dias 1, 2 e 3 de Julho, às 21,30 horas, e a pregação estará a cargo do Padre Dehoniano Jacinto Farias.

No dia 4 de Julho, Dia da Rainha Santa Isabel, a missa das 8 horas será presida pelo capelão da Confraria da Rainha Santa Isabel, Padre António Sousa; às 11 horas, a missa solene será presidida pelo Vigário-Geral da Diocese de Coimbra, mons. Leal Pedrosa; às 16,30 horas, a missa da Real Ordem da Rainha Santa Isabel, com a participação de Suas Altezas Reais, os senhores Duques de Bragança será presida pelo Padre António Sousa.

Às 18 horas realizar-se-ão na mesma igreja as vésperas. Às 19 horas, o Centro Universitário Manuel da Nóbrega prestará ainda uma homenagem à Rainha Santa.

E finalmente, às 21,30 horas realizar-se-á uma serenata à Rainha Santa, pelo grupo de guitarras de Coimbra e da Associação Cultural Coimbra Menina e Moça, no Largo do Mosteiro de Santa Clara-a-Nova. Também, no mesmo espaço será recriado o milagre das rosas pela companhia de teatro Vivarte.

0 comentários :

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version