ENTRAR

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Vodafone Mexefest Lisboa 2013 - Cartaz, Bilhetes e Preços

O festival Mexefest 2013 decorre durante dois dias em Lisboa, nos dias 29 e 30 de Novembro com concertos em simultâneo em várias salas de espetáculos. Nesta 6ª edição do festival já está confirmada a presença de John Grant, Savages, Woodkid, Daughter, e Silva.

A decorrer em vários locais da Avenida da Liberdade e zonas circundantes, este festival de música alternativa vai encher a cidade de Lisboa com muita música.

O preço dos bilhetes de dois dias mantém-se, tal como na edição anterior, e custa €40. O passe dá acesso a todos os eventos e salas do Vodafone Mexefest, mediante a lotação da sala.

O cartaz do «Vodafone Mexefest» já integra os primeiros nomes nacionais no cartaz. «The Legendary Tigerman» e a sua banda «Wraygunn» são dos primeiros confirmados. O grupo deverá apresentar o novo álbum «True», que tem lançamento previsto para o início de 2014.

Da Chick, Moullinex, Mirror People, Mr. Mitsuhirato e Xinobi são outros músicos portugueses que vão marcar presença no festival, através da editora Discotexas.

A edição de 2013 já tinha confirmações internacionais como «Savages», de Inglaterra, que actuaram este ano no «Optimus Primavera Sound», o francês Yoann Lemoine, conhecido como «Woodkid», John Grant, ex-membro da banda «The Czars», os ingleses «Daughter» e o brasileiro Silva.

Cartaz Provisório

Glasser - Com os ingredientes herdados e as vivências adquiridas, o som de Glasser é distinto e muito contemporâneo.

Oh Land - O título homónimo, “Oh Land”, aterrou nas lojas em Março de 2011, tendo conquistado rapidamente o público graças às suas canções contagiantes.

Cícero, Momo e Wado - Música brasileira fresca que sabe ler o passado mas projectar estados de alma e conhecimentos dos dias de hoje.

peixe : avião - Do pos-rock à folk, das guitarras à gestão do silêncio, as canções dos peixe : avião não enganam, colocando a banda no patamar dos superiores.

Márcia - Convidou mais dois génios da música e sobe ao palco com Samuel Úria e António Zambujo.

Moonface - Krug reinventa-se em Moonface, revelando-se melodicamente descarnado, oferecendo composições ao piano, sempre naquele jeito interpretativo visceral e muito intenso.

La Yegros - Voz feminina contagiante, acrescenta temperos electrónicos à Cumbia mais antiga, soando excitante e muito cosmopolita.

Haruko - A folk é o seu mundo e nele abraça-se à sensibilidade e beleza.

Woodkid - De uma pop sumptuosa, com belos arranjos de cordas e metais, o disco debut de Woodkid aproxima-se ainda de uma certa atmosfera folk.

Daughter - A banda é hoje constituída por Elena Tonra, vocalista, pelo guitarrista Igor Haefeli e pelo baterista Remi Aguilella.

Savages - Quarteto londrino constituído por Jehnny Beth (voz), Gemma Thompson (guitarra), Ayse Hassan (baixo) e Fay Milton (bateria).

The Legendary Tigerman - Um dos mais influentes nomes nacionais de sempre, é um bluesman que bebe inspiração do delta do Mississipi reinventando-se a cada álbum que grava.

Silva - Em 2012, com um Ep e um Lp de estreia, “Claridão”, surpreendeu os mais atentos às coisas da música independente com canções inundadas de genuidade.

John Grant - John Grant foi rei nos The Czars. Porém, depois da extinção do colectivo, com a edição do seu debut em nome próprio, “Queen Of Denmark”

Xinobi - A sua música tornou-se universal depois da partilha e consequente popularidade de faixas como “BMX” ou “Day Off”.

Moullinex - Os videoclips de Moullinex têm recebido elogios de toda a parte pelo inovador uso de tecnologia e criatividade.

Mirror People - "É tudo sobre a cor e ambiente certo para a música: tocar e modelar os sons no momento."

Mr. Mitsuhirato - Fundador e co-editor da mítica Mondo Bizarre, serviu de embaixador indie para uma inteira geração de melómanos em Portugal.

Da Chick - Com paixão e frontalidade Da Chick quer, pode e manda. Desde 2009 que traz o Funk da velha escola, o groove eterno da Soul e salta ao balanço rítmico do Disco.

Autre Ne Veut - Ashin, nova-iorquino de Brooklyn, é um artista enigmático e tímido, extravasando o seu talento nas canções ritmicamente luminosas que compõe.

Tropics - Tropics no Vodafone Mexefest: melodias certas de sensualidade, cosmopolitas, para corpos sôfregos de movimento.  

0 comentários :

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version