ENTRAR

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Festival Sons de Vez 2014 em Arcos de Valdevez - Cartaz

A Casa das Artes de Arcos de Valdevez volta a ser palco em 2014 daquela que é uma das mais antigas mostras de música moderna portuguesa, o Festival Sons de Vez. A ter lugar de 08 de Fevereiro a 29 de Março, o certame apresenta um cartaz de luxo com músicos nacionais de várias gerações e quadrantes sonoros.

O rock é o ingrediente principal do line up deste ano, distribuído por oito sábados, mas as propostas são variadas e deixam espaço à world music e à fusão com o punk, a electrónica e o indie.  Como “acrescentador” de emoções visuais e documentais, a edição 2014 do Sons incluirá em duas datas, e antes das performances musicais, a projeção dos filmes/documentário “Meio Metro de Pedra” e “Música em Pó”, do realizador Eduardo Morais. A mostra é acompanhada, igualmente, por uma exposição fotográfica que retrata alguns dos momentos mais marcantes da edição transata, que, como nas mostras anteriores, conta com os contributos principais de Sérgio Neto e, complementarmente, do arcuense Miguel Lobo.

A 12ª edição do Sons Vez arranca oficialmente no sábado, dia 08 de Fevereiro, com Jorge Palma, nome maior do rock português que além de interpretar o mais recente disco “Com todo o respeito” revisitará certamente alguns dos clássicos da sua carreira como Frágil ou Bairro do Amor.

No fim de semana seguinte, a 15 de Fevereiro, a música está entregue aos bracarenses Ermo que têm na bagagem o álbum “Vem por aqui” editado pela Optimus Discos com excelentes reviews publicadas pela imprensa especializada. Atuam ainda na primeira parte os ATIC, um projeto de tendência pop e electrónica, desprovido de preconceitos e de onde sobressai a sua sonoridade cénica e ambiental. A 22 de Feveireiro chegam ao Sons de Vez os Mundo Cão, banda de Pedro Laginha, que acaba de editar “O Jogo do Mundo” onde é evidente a aposta no cruzamento da literatura e da música, com o convite feito ao escritor José Luís Peixoto.

O mês de Fevereiro termina com o concerto de Keep Razors Sharp. Alinhados para dia 28 de Fevereiro, a banda junta músicos todos de percursos bem trilados e todos respeitados na cena nacional: Afonso (Sean Riley & The Slowriders), Rai (The Poppers), Bráulio (ex-Capitão Fantasma) e Bibi (Ridding Panico, Pernas de Alicate).

O mês seguinte começa ao mais alto nível com o concerto do multifacetado Noiserv a abrir a programação dia 08 de Março. O mote é “Almost Visible Orchestra”, um disco onde o preto e branco são substituídos pelo seu mundo a cores, num trabalho que foi largamente elogiado pela imprensa. Segue-se a 15 de Março a prestação dos Fitacola, coletivo punk-rock com mais de dez anos de atividade e uma legião de fãs em todo o país. Oriundos de Coimbra, a banda traz um repertório assente na trilogia de EP’s disponibilizados gratuitamente durante 2013. A 22 de Março a festa prossegue ao som dos Melech Mechaya, apontados  como a primeira e mais proeminente banda de música Klezmer em Portugal.

A sonoridade do grupo de Lisboa e Almada inspira-se nas músicas portuguesa, balcânica e árabe, e é sinónimo de corpos dançantes.

A celebração da música moderna portuguesa a Norte de Portugal encerra a 29 de Março com o bramido d’O Bisonte. Banda de rock puro e duro, cantado em português, sem artíficios ou falsas modéstias e que não poderia ter sido melhor escolha para fechar o Sons de Vez.

Todos os espetáculos têm início às 23h00 e os ingressos podem já ser adquiridos nas instalações da Casa das Artes de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h00, ou no próprio dia dos eventos. Podem também ser feitas reservas pelo número 258 520 520 num limite máximo de 4 ingressos por pessoa. O preço dos bilhetes varia consoante o espetáculo.

0 comentários :

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version