ENTRAR

terça-feira, 3 de junho de 2014

Marchas Populares de Lisboa 2014 - Programa e Desfiles

No dia 12 de Junho 2014, pelas 21h00 as Marchas de Lisboa, descem à Avenidade da Liberdade para mais uma grande Festa "Lisboa é Linda". Pela cidade nascem festejos, multiplicam-se os manjericos e as ruas enfeitam-se com arcos e balões. 

Lisboa das Sete Colinas, cidade quente que respira ares mediterrânicos e atlânticos. No seu eterno abraço ao Tejo dá-nos o cheiro da maresia e a imagem das traineiras de outros tempos, guardadas por bandos de gaivotas. 

Junho é também o mês que instituiu, nos moldes em que a conhecemos, a tradição moderna mais inscrita na história de Lisboa: as Marchas Populares. Desde 1932, com vários interregnos, a cidade serve de palco às Marchas Populares e a todo o bulício que, ano após ano, elas criam em seu redor.

Se as Marchas Populares foram uma tradição que se ergueu pela mão de Leitão de Barros, durante os anos 30, na verdade, elas têm origem nas festas Juninas, nas celebrações medievais do Solstício de Verão e nas festas religiosas que celebravam o Santo António, São João e São Pedro. 

Estas festividades encontram assim a sua génese num território que se situa entre o sagrado e o profano. Conhecemos-lhes também como antepassados as “marchas ao flambó” ou “ao filambó”, que derivaram das francesasitálico e retirar aspas. Estas não eram mais que desfiles nocturnos que aconteciam durante as celebrações dos Santos de Junho, e que utilizavam archotes ou balões com fogo para iluminar as ruas.

As Marchas são um bom exemplo de uma tradição urbana, ancorada nos bairros da cidade ao longo de várias gerações. Desde a sua existência ajudaram a construir pontes entre gerações e a alimentar laços de fraternidade, aproximando participantes e bairros. Fomentam a cada ano o sentimento de pertença dos seus marchantes aos bairros que representam. 

Inscritas nas raízes distantes desta cidade milenar, as Marchas Populares de Lisboa descem todos os anos à Avenida da Liberdade, num desfile que espelha o trabalho dedicado e intenso das colectividades e dos Bairros Populares da cidade. Este ano, a temática do cortejo das Marchas Populares é dedicada à celebração dos 400 anos decorridos sobre a publicação de Peregrinação de Fernão Mendes Pinto. O desfile continua a ser um bom exemplo de camaradagem e humanidade, valores universais e intemporais que continuam actuais no espírito que define as Festas de Lisboa.

Sabia que… desde há mais de duas décadas que as Festas de lisboa lançam a público o concurso para criação da grande marcha de lisboa?

Todos os anos, a letra e a música que descem a Avenida da Liberda-de, na noite das Marchas Populares, levadas na voz dos marchantes de cada bairro, são escolhidas por um júri convidado, composto por personalidades de várias áreas. JP Simões, Capicua (Ana Matos), João Tordo, Simone de Oliveira, Ana Bacalhau ou To Zé Brito são alguns dos músicos que constam da lista de distintos convidados.

Participantes Convidados nas Marchas Populares de Lisboa 2014

Agrupamento do Corso de Carnaval de Torres Vedras
Marcha Popular do Parque das Nações
Associação de Danças e Cantares Portuguesa Macau no Coração (Macau)
Agrupamento O Dragão Embriagado (Macau)

Grande Marcha de Lisboa 2014
Lisboa de Fernão

Nos mares agitados de uma vida
Um “viageiro” de letras universais
Faz de Lisboa, cidade vivida
Sempre airosa e florida
Quando chega aos arraiais
Entre naus, galeotas viajando
Em busca de um mundo encantado
Na Índia lá foi deambulando
No Oriente encontrando
Mais angústias do passado
(refrão)
Lisboa de Fernão
Será ternura, paixão
Que vai na rua a passar
Cidade coração
Que s’enfeita com um balão
Numa marcha Popular
Lisboa de Fernão
É história é tradição
Que ao povo se vai contar
Cidade tradição
És “Peregrinação”
Que Fernão nos quis deixar
Um Tejo que te abraça com ternura
És realeza que nos dá tanta paixão
São quatrocentos anos de cultura
Com mais brio e mais frescura
De arquinho e balão
E ao passar, o nosso Stº António
Cantava com amor e com vaidade
A todos deixou seu património
Ao som dum velho harmónio
Recordado com saudade
(refrão)

Autores:
Bruno Alexandre Marcos Frazão (letra)
Artur António Jordão Araújo (música)
Pseudónimo: F.M.P.

12 Junho - Avenida da Liberdade
Marcha Infantil “A Voz do Operário”
Marcha dos Mercados
Marcha da Madragoa
Marcha do Alto do Pina
Marcha de Carnide
Marcha do Castelo
Marcha de Marvila
Marcha de Stª Engrácia
Marcha do Beato
Marcha da Ajuda
Marcha do Bairro Alto
Marcha de Campolide
Marcha de Belém
Marcha de Benfica
Marcha da Mouraria
Marcha da Bela Flor
Marcha de Alfama
Marcha de S. Vicente
Marcha da Graça
Marcha do Lumiar
Marcha da Bica
Marcha de Alcântara

0 comentários :

Enviar um comentário

English Destinoslusos Version Spain Destinoslusos Version French Destinoslusos Version German Destinoslusos Version